24 de agosto de 2011

Resenha: Diário De Um Banana, de Jeff Kinney

Título: Diário De Um Banana
Título Original: Diary Of A Wimpy Kid
Série: Diário De Um Banana #1
Autor: Jeff Kinney
Editora: Vergara & Riba
Páginas: 218

Sinopse:
Não é fácil ser criança. E ninguém sabe disso melhor do que Greg Heffley, que se vê mergulhado no ensino fundamental, onde fracotes subdesenvolvidos dividem os corredores com garotos que são mais altos, mais malvados e já se barbeiam. Como Greg diz em seu diário: "Só não espere que eu seja todo 'Querido diário' isso, 'Querido diário' aquilo." Para nossa sorte, o que Greg Heffley diz que fará e o que ele realmente faz são duas coisas bem diferentes.
No primeiro livro da coleção, o autor e ilustrador Jeff Kinney nos apresenta um herói improvável e encantador. Um garoto comum às voltas com os desafios da puberdade.

Mito: este é um livro infantil.
Verdade: este é um livro para quase todas as idades!

Diário de um Banana é mais do que uma simples história de um garoto no colégio.  É a história de um garoto de 11 anos tentando sobreviver num colégio tomado de nerds e valentões. Mais do que isso: tentando ser popular.

Greg é o fulaninho garotinho que faz o que pode para ser popular. Se você for bonzinho, pode estar pensando que ele consegue, mas sinto desanimá-lo assim, leitor. Ele e seu melhor amigo Rowley sofrem de tudo e mais um pouco, uma situação mais hilária do que a outra, que te faz ter que parar de ler para continuar gargalhando e enxugando as lágrimas!

A casa fantasma, o teatro, o toque do queijo, o Natal, a relação maravilhosa que tem com seus queridos irmãos, são uma pitadinha do que você vai encontrar neste primeiro livro que tem a duração de um ano inteiro na vida de Greg.

Esse diário foi ideia da mãe dele, e, apesar de achar a ideia de manter um diário, ops... "Livro de Memórias", é que é uma boa para a posterioridade, para evitar os inúmeros discursos sobre sua vida.


Greg é um personagem que, sim, às vezes tira proveito dos outros e das situações, o que me fez ficar muito irritado em certas ocasiões, aliás, como qualquer criança. Característica que acrescenta muitos risos, em compensação. Ok, não recomendo para crianças pequenas, porque podem ser facilmente influenciáveis e, se tentarem reproduzir as características dos personagens, bem... não trará situações muito agradáveis para os conviventes. Viu? É por isso que indico este livro para adultos também.

O texto, narrado por Greg, claro, é intercalado com diversas ilustrações como esta acima, o que só complementa a leitura. A grande maioria das piadas estão exatamente nas imagens!

O livro tem capa dura, páginas amareladas e grossas. Letras grandes, em formato de caligrafia, e as páginas são todas com linhas desenhadas, imitando um diário.

A Editora V&R já lançou cinco livros da série, e a produção de novas histórias pelo autor continuam se sem cansar. E o trailer do filme, você poderá assistir clicando aqui.


Recomendo mais duas resenhas sobre este livro:
# Cabine Literária 5 - Diário de um Banana
PsychoMovies 18 - Diário de um Banana - Convidada: Alba Milena






  ~ Informações ~   


Leia outras resenhas da série Diário De Um Banana:
[ 1 ]  Diário De Um Banana
[ 2 ]  Rodrick É O Cara
[ 3 ]  A Gota D'Água
[ 4 ]  Dias De Cão
[ 5 ]  A Verdade Nua E Crua
[ 6 ]  Casa Dos Horrores
[ 7 ]  The Third Wheel (Novembro de 2012)
[ * ]  Faça Você Mesmo


   ~ Links ~   

Se você gostou deste livro, você também vai gostar de:
- Série Middle School

Diário De Um Banana pode ser encontrado nos seguintes sites:


Submarino.com.br



 -
O conteúdo deste post é protegido. 
Caso queira reproduzir alguma parte, favor consultar as políticas do blog. 

Rafael

Sobre o autor

Rafael Estudante de Análise e Desenvolvimento de Sistemas, viciado em Internet, e adora esse mundo literário. Prefere os livros fantásticos, mas, de vez em quando, precisa de algumas doses de realidade.
@rafaschiabel Skoob Tumblr

Related Posts with Thumbnails